Sua região é

Guia de Saúde no Rio Grande do Sul | hagah RS

Encontre tudo que você precisa para sua saúde no hagah. Clínicas, hospitais, médicos, cirurgia plástica, exames, farmacias, dentistas e muito mais em Porto Alegre e no RS.

Buscar por saúde no Rio Grande do Sul:
 

Notícias

Saúde

Dentes de estrela! Saiba tudo sobre o clareamento dentário

Técnicas modernas deixam os dentes mais brancos por muito mais tempo

Dizem que o sorriso é o espelho da alma, mas se isso realmente é verdade, porque ter um “espelho” sujo? Para que você possa ter um belo sorriso, com dentes brancos e brilhantes, existem diversas técnicas que melhoram a aparência da boca. O clareamento dentário é uma das técnicas mais pedidas nos consultórios de odontologia.

O que é e como é feito o clareamento dentário?
O clareamento dentário não é uma técnica nova. Existente desde 1989, os criadores e doutores Heywood e Heymann, realizavam a técnica do clareamento caseiro feito com a moldeira. Era usado peróxido de carbamida a 10% como agente clareador. Atualmente, é usado também como principio para os clareamentos, o peróxido de hidrogênio (água oxigenada) e quanto mais concentrada a solução, menor é o tempo de uso. De acordo com a cirurgiã dentista Ana Paula Sorrentino Delvaux, o clareamento visa modificar a coloração dos dentes. “O escurecimento dos dentes é um processo de envelhecimento do corpo, à medida que ganhamos idade, os dentes vão ficando amarelados. Este processo normalmente é feito com peróxido de hidrogênio ou de carbamida”, diz.

A dentista explica que há vários tipos de clareamentos: “Um é feito no consultório, com a concentração maior do peróxido de carbamida, ou de hidrogênio. Este procedimento é feito pelo cirurgião dentista e com o uso de laser, que no caso, além de ativar o processo diminui a sensibilidade pós-clareamento. E a outra maneira é o clareamento caseiro, que precisa de uma moldeira confeccionada pelo cirurgião dentista e o paciente usa então o peróxido numa concentração menor em casa”, afirma. Entenda as diferenças abaixo:

Clareamento a laser:
Como é feito: É usado um gel clareador à base de peróxido de hidrogênio na concentração de 35 a 40%, que é aplicado sobre a superfície externa do dente e ativado por um laser que libera das moléculas de oxigênio, ocorrendo assim, o sonhado dente branquinho. Geralmente são feitas até três sessões de uma hora cada, mas tudo depende do quanto está amarelado o dente. Mas lembre-se: este tipo de procedimento só pode ser feito por dentistas. Pode fazer sem medo, porque é um processo indolor.
Quem não pode fazer:  A quem tem implantes dentários não recomenda-se o clareamento, em função das próteses que são colocadas sobre o implante. Quem tem má formação dentária como problemas no esmalte do dente, pessoas com amelogênese imperfeita (disposição irregular dos cristais do esmalte do dente, que causa manchas esbranquiçadas) e quem têm dentes muito escurecidos ou muito amarelados também não deve fazer o clareamento à laser.

Clareamento caseiro:
Como é feito: Neste caso, o clareamento é feito com gel de menor concentração (3,5 a 20%) e são usadas moldeiras de silicone. O tratamento demora cerca de 15 dias, e o uso da moldeira com gel deve ser feito de uma a seis horas ao dia.
Quem não pode fazer: Em geral, todas as pessoas podem fazer. Mas a especialista faz um alerta bem importante: “De maneira alguma é recomendado que o paciente adquira clareamentos comprados em farmácias, primeiro porque as moldeiras não serão perfeitamente adaptadas, fazendo com que a pessoa engula uma quantidade exagerada de gel (peróxido), outra razão é porque o peróxido tem um tempo de durabilidade de apenas seis meses em geladeira. Normalmente estes clareamentos adquiridos fora do consultório não têm controle correto, sendo assim nem sempre funcionam”.


Os cremes dentais de que prometem um dente mais branco funcionam mesmo?
As pastas de dente com a ação whitening (branqueamento) não tem a mesma ação que os clareamentos dentários. As partículas que existem nessas pastas removem a camada superficial do esmalte, e com isso, algumas manchinhas. Como este esmalte é removido toda vez que se usa a pasta, a dentina, que é a camada abaixo do esmalte, fica mais amarelada ainda. Por isso, odontologistas não recomendam o uso deste material. Ana Paula explica que as pastas podem ser utilizadas, mas não com o objetivo de clarear os dentes, elas ajudam a manter o clareamento.

O que não fazer durante o tratamento:
· Fumar. Além de ser um risco para a saúde em geral, o fumo estraga os dentes. A cirurgiã diz que o peróxido intensifica o poder cancerígeno do cigarro.
· Procure evitar refrigerantes à base de cola e cafés. Também procure não tomar sucos ácidos ou chás;
· Jamais empreste o produto para outras pessoas. O clareamento caseiro deve ser indicado por um dentista, portanto outra pessoa pode não se dar bem com o seu tratamento.

>>Orientações para quem quer parar de fumar

O que você pode fazer:
· Siga sempre o que o seu dentista prescrever;
· No caso de usar moldeiras, retire uma hora antes de comer e recoloque somente uma hora após terminar a refeição;
· Observe o progresso do clareamento, afinal você precisa ver se os dentes estão ficando realmente mais claros;

Lembre-se:
· O dente clareado pode escurecer novamente, mas nunca como estava antes.
· Pessoas fumantes ou que consomem bebidas pigmentadoras como café, refrigerante ou chimarrão podem precisar de manutenção do clareamento mais rapidamente.
· Não existe tratamento de sessão única. Tudo vai depender da resposta do organismo de cada pessoa mas, em média, o tratamento tem que ser feito entre duas ou três sessões.
· Não compre clareadores dentários em qualquer lugar ou de qualquer pessoa. Até para fazer o clareamento dentário caseiro, é necessário que se visite um dentista antes.

» Dentistas em Porto Alegre
» Dentistas no Vale dos Sinos
» Dentistas na Serra Gaúcha
» Dentistas no Litoral Gaúcho
» Dentistas em Santa Cruz do Sul
» Dentistas em Campo Bom 
» Dentistas em Pelotas

Leia mais

» Dentes alinhados sem uso de aparelho fixo

HAGAH RS
Sxc.hu / 

Dentes brancos para todos!
Foto:  Sxc.hu


Comente esta matéria

Mais Notícias

Em forma 
Saiba como manter a forma no inverno

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS