Sua região é

Guia de Saúde no Rio Grande do Sul | hagah RS

Encontre tudo que você precisa para sua saúde no hagah. Clínicas, hospitais, médicos, cirurgia plástica, exames, farmacias, dentistas e muito mais em Porto Alegre e no RS.

Buscar por saúde no Rio Grande do Sul:
 

Notícias

Saúde

Herpes: sintomas, tratamento e prevenção

Saiba quais são as diferenças entre o herpes simples, genital ou labial, e o zoster, na região torácica

O herpes é uma doença causada por um vírus, que pode ser de dois tipos. O herpes simples manifesta-se nos lábios ou na região genital. O herpes zoster geralmente aparece na região do tórax.

O herpes simples, seja labial ou genital, é adquirido por contato direto com uma pessoa contaminada. As chances de transmissão são bem maiores se a pessoa infectada pelo vírus estiver com lesões ativas.

Já o herpes zoster é a reativação do vírus da varicela (ou catapora) que a pessoa já havia adquirido, provavelmente na infância.

"Tanto o vírus simples como o zoster ficam latentes, isto é, 'adormecidos' nos gânglios linfáticos. Quando há uma queda da resistência orgânica, da imunidade ( como pós-febre, trauma, quimioterapia, estresse, luz solar, desnutrição, menstruação etc.), o vírus volta a se multiplicar, dando origem a um novo surto. O herpes simples tende a ter recorrências frequentes, enquanto o zoster raramente recorre", explica a dermatologista Juliana Muggiati Sípoli.

Sintomas

No herpes simples, tudo começa com uma sensação de queimação ou ardência, que geralmente antecede dois dias antes do surgimento das lesões. "No início, podem surgir bolinhas vermelhas que logo transformam-se em pequenas vesículas agrupadas em cachos e cheias de um líquido claro. Essas vesículas rompem-se, liberando o conteúdo líquido, que é repleto de vírus (portanto muito contagioso). A seguir, formam-se as crostas (casquinhas), que depois de alguns dias cicatrizam", comenta a dermatologista. Todo o processo pode levar de cinco a 14 dias.

No herpes zoster, a sensação de queimação é mais intensa e pode vir acompanhada de forte dor, que lembra uma dor muscular. "De dois a cinco dias depois, surgem lesões semelhantes às do herpes simples, só que distribuídas em faixa, geralmente de um dos lados do tórax, seguindo o trajeto de um nervo", reforça a especialista. Outras partes do corpo, como ombro, braço, cintura, coxa e face podem ser afetados, mas geralmente é apenas um local por surto. Costuma durar até 14 dias e pode deixar como sequela dor ou sensação de queimação residual, que pode persistir por vários meses.

Tratamento

Há medicamentos antivirais orais e pomadas, além de analgésicos. As doses e o tempo de tratamento variam conforme o tipo de herpes. Se o tratamento for iniciado em até 72h, há a possibilidade de encurtar o surto e reduzir os sintomas da doença. Outra dica são os cuidados com a higiene, que podem evitar infecções bacterianas secundárias, a principal causa de cicatrizes residuais.

HAGAH RS

Comentários

Baima Antonio

Denuncie este comentário

procuro ajuda por mais de 2 anos tive herps zoster no rosto abrangendo olho e um lado da cabeça estive em varios medicos infectologistas sò me receitaram aciclovir e uma pomada.se a amiga souber de algo que venha me ajudar eu vou lhe agradeçer fique com deus e obrigado


ELISABETE  - 

Denuncie este comentário

Parabéns pela reportagem. Estou muito feliz por saber mais sobre Herpes Zoster. Preciso ajuda como prevenir a volta da herpes pois tive doente por 3 mses e estou com dores na coxa onde foi mais grave. Antecipo minha gratidão.

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS